Nossa Senhora da Guia


Historicamente, o título de Nossa Senhora da Guia tem sua origem na Igreja Ortodoxa, onde a Santíssima Virgem é invocada sob o nome “Odigitria”, que significa “Condutora” de Jesus desde a infância até o início de sua vida pública, conseqüentemente, invocada como guia e protetora do povo de Deus.
 
No Brasil sua difusão deve-se aos portugueses, que trouxeram a devoção do país de origem, onde a festa comemora-se junto com Nosso Senhor do Bonfim. Por este motivo, no ano de 1740, o Capitão de Mar e Guerra, Theodózio Rodrigues de Farias aportou na cidade de São Salvador, trazendo em seu navio uma réplica das duas imagens, as quais foram transportadas até a Igreja da Penha, situada na localidade de Itabagipe, época do pontificado do Papa Bento XIV, sob o reinado de Dom João V e governava a Bahia o 5º vice rei, André Melo e Castro, conde dos Galveias.



Veja mais em: www.nsdaguia.org.br